Projeto reeducação física e alimentar: uma semana de dieta e minhas observações

000Completei na sexta-feira oficialmente uma semana do início da minha reeducação alimentar e cheguei à conclusão de que é muito, mas muito difícil conseguir manter a rotina alimentar saudável diariamente se você passa o dia inteiro na rua e não tem dindin sobrando pra contratar alguém para fazer comida todo dia, fazer mercado assim que faltar alguma coisa ou fazer as bebidas não-alcoólicas que a nutricionista passou. Fato!

Achei que seria mais fácil e mais simples, só que não. Chego de noite mega cansada e, honestamente, com toda força de vontade do mundo, nem sempre tenho ânimo e disposição para preparar as coisas para o dia seguinte. Ao chegar, tomo banho, como alguma coisa e arrumo todas as sacolas para o outro dia (vou para a academia às 6h e preciso levar toalha, roupas etc. porque lá mesmo tomo banho e sigo o dia). 000Malmente consigo arrumar as marmitas do almoço e me sinto exausta.

Os primeiros dias também são super complicados. Abandonar velhos hábitos não é uma coisa fácil, por mais que você queira adotar uma nova vida gastronômica. Mas, claro, nada é impossível e o importante é administrar as adversidades. No meu caso, não consegui fazer os líquidos que preciso tomar todos os dias; no final de semana esqueci de comprar as folhas para o suco verde e não consegui passar no mercado durante a semana. Pra completar, o liquidificador de casa quebrou e atrapalhou tudo.

Tentei seguir ao máximo as orientações, mas não consegui fazer tudo exatamente como mandou a nutricionista. Ela me passou este primeiro mês uma dieta com restrição de glúten e lactose. Difícil tirar o doce da vida! E o mundo conspirou contra, em um dia que não consegui me alimentar pela manhã, estava morrendo de fome, fui para um trabalho freela que faço e lá a única opção eram restos de docinhos de festa e coca zero. Dois docinhos e um copo de coca zero foi meu café da manhã. #fail.

0Também comprei todas as farinhas, fibras e farelos de que preciso, mas cadê misturar as quantidades certas, colocar num pote e levar toda manhã? Outra coisa, a salada de frutas que como pela manhã é comprada na rua, mas nem sempre consigo encontrar ou faço o mesmo trajeto. Mas enfim, com toda dificuldade, estou adaptando ao que dá pra fazer. Além disso, tenho tentado manter quatro dias de atividade física na semana pelo menos.

Não me pesei nesta sexta, não sei qual o resultado prático da primeira semana diet dos últimos dias. Durante a semana, fiz a bioimpedância solicitada pela minha nutricionista e fiquei chocada com a quantidade de gordura em meu corpo. Por outro lado, descobri que meu índice de massa magra está acima do normal, o que parece um contrassenso, mas é bom. Na consulta de retorno vou levar para que ela avalie e conto a vocês. Por enquanto é isso, meninas.

Compartilhem comigo as experiências de vocês!

____________________________
Leia também:
>> Voltando a malhar e a comer melhor
____________________________

Anúncios

Sobre Alane Virgínia

Apaixonada por livros, letras, sons, imagens e pessoas. Advogada por vocação e jornalista nas horas vagas.
Esse post foi publicado em Alimentação, Dietas, Qualidade de Vida, Saúde e beleza e marcado , , . Guardar link permanente.

DEIXE UM COMENTÁRIO!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s