“Maquiagem é um ritual”

*Texto e cobertura de Andreia Santana

Quando Alane e eu ouvimos, na quinta-feira à noite, após um dia intenso de trabalho, a  frase que dá título a este post – “Maquiagem é um ritual” – nos sentimos compreendidas na essência. O autor de definição tão singela e ao mesmo tempo tão precisa do significado da maquiagem para as mulheres é ninguém menos que Fernando Torquatto. Sim, tivemos o privilégio de assistir a uma aula do mestre, que estava de visita a Salvador para o evento de apresentação da Make B., linha de maquiagem de O Boticário, a jornalistas e blogueiras.

No lounge montado especialmente para o evento, no piso L2 do Salvador Shopping, recebemos bem mais que conselhos e dicas para corrigir os defeitinhos e acentuar as qualidades do rosto. “A maquiagem é um ritual feminino, a mulher pode se olhar no espelho e se festejar”. Outra aspa que tomo emprestada de Torquatto.

A repórter Marta Erhardt, da TV A TARDE, entrevistou o maquiador, fotógrafo e consultor de estilo Fernando Torquatto antes do evento com as blogueiras e jornalistas

Não pude deixar de filosofar – quem lê o blog com frequência sabe que sou chegada “em papo cabeça”. Maquiagem é puro amor. Conversando com Alane no dia seguinte ao evento, concluímos que quem usa seu talento para maquiar alguém, como o Fernando Torquatto faz, pratica um ato de doação muito grande de amor. E quem se deixa maquiar, como a Dani Freitas (formandodivas.blogspost.com), blogueira escolhida para “cobaia” da aulinha, exercita o máximo da confiança. “É você usar seu dom para deixar outra pessoa bonita e é quem se deixa maquiar permitir que outro mexa à vontade no seu rosto. É uma troca”. Dessa vez as aspas são de Alane, amiga e companheira de jornalismo e blogagem.

Filosofia à parte, a verdade é que todas as mulheres reunidas naquele lounge, estivessem  suadas e recém-saídas de uma redação, como eu e Alane, ou com a toillete perfeita de quem teve um tempinho para se organizar antes do encontro, sentiram-se irmãs por breves 50 minutos. Como fiéis de uma seita, independente de algumas estarem elegantérrimas e outras de jeans e camiseta, comungamos do mesmo sentimento de cumplicidade. Não era apenas uma celebridade do mundo da maquiagem que estava ali diante de nós demonstrando uma linha de produtos. Fernando Torquatto, que desenvolveu conceitualmente a Make B. após intensa pesquisa, nos compreendia como seres humanos tanto quanto atiçava nossa gula de consumidoras. E as mulheres são mesmo vorazes!

Um detalhe divertido que não posso deixar de contar: Secretamente, ri com certa condescendência da carinha de surpresa das recepcionistas de O Boticário, quando viram a mim e a Alane chegando esfogueadas e arfantes ao evento (achamos que estávamos atrasadas) e ainda por cima, destoando completamente da aura de glamour, trajando a “farda” clássica das jornalistas que precisam da praticidade dos jeans, camisetas e tênis de jogging para enfrentar o dia correndo atrás da notícia. Uma das moças, cumprindo perfeitamente seu papel, chegou a perguntar se tínhamos convite. De fato, queridas leitoras, a roupa é importante em certas ocasiões, embora eu acredite fielmente na máxima de que “o hábito não faz o monge”. Nesse caso especifico, o jeans não faz as blogueiras.

Dani Freitas, autora do blog Formando Divas, sendo maquiada pelo Fernando Torquatto. Gente, nunca vi uma "cobaia" tão radiante de felicidade!

O ritual – Dani Freitas era só sorrisos. Sentada diante de Fernando Torquatto, como uma tela já naturalmente bela que terá seus traços marcantes realçados pelas mãos de um artísta, a jovem blogueira – dona de olhos castanhos expressivos -antes mesmo de receber a primeira camada de base, já brilhava de corpo inteiro, de felicidade. O mais interessante, que não escapou a minha mania de sondar a alma humana, foi ver que o mesmo brilho emanava do maquiador. Embora tenha repetido o ritual centenas de vezes, com faces muito mais famosas que a da nossa blogueira de cachos de anjo (é o maquiador da Paola Oliveira na nova novela do Gilberto Braga, como nos confidenciou); e, tenha até percorrido outras capitais na turnê de apresentação da Make B. (sinônimo de prestígio da blogagem), Torquatto parecia muito feliz. Acredito que porque faz o que gosta e porque de fato, aqui comprova-se a teoria, maquiagem é um ato de amor. Cada pincelada dele no rosto de Dani era sentida pelas meninas na plateia como se fosse na própria pele. Pelo menos eu não me furtei a essa sinestésica experiência. Saí do evento bem menos cansada do dia duro de trabalho e mais feliz com a massagem no ego de mulherzinha.

Dani estava "pulando" na cadeira de tanta curiosidade e o maquiador deixou ela "dar uma espiadinha" a la BBB na make

Não vou explicar detalhadamente cada passo da maquiagem aplicada por Fernando Torquatto em Dani Freitas. Muito melhor do que eu tentanto traduzir as explicações, é vocês conferirem os dois links, com vídeos feitos pela equipe de reportagem da TV A TARDE. Algumas imagens que ilustram o post, inclusive, são capturas de tela desses vídeos. Antes da filmagem do passo a passo, que vocês assistem aqui, a repórter Marta Erhardt, da TV A TARDE, entrevistou o maquiador, confira aqui, sobre as tendências para o Verão 2011. A máxima da estação meninas: menos é mais, a leveza predomina.

E aqui a diva quase pronta. Um P.S.: Adoramos a nova cor dos cachos da Dani. De anjinha da blogagem virou mulherão!

Orientações de mestre – Maquiador, fotógrafo, consultor de estilo e até modelo (na mesma quinta à noite, desfilou no Yacht Summer Fashion para a coleção de joias do amigo Carlos Rodeiro), Fernando Torquatto explicou para as blogueiras e jornalistas reunidas no lounge de O Boticário, que a Make B. foi desenvolvida com tecnologia de alta definição, unindo maquiagem, tratamento antisinais, fotoproteção e alta performance de produtos de textura muito leve. A técnica migrou do cinema e da tv digital para o universo da beleza. Com o avanço das técnicas de filmagem e fotografia, detalhou ele, percebeu-se que as bases pesadas, o pó marcado, a sombra carregada, os poros do rosto das estrelas, tudo ficava bem mais à mostra do que deveria. A solução foi a indústria de cosmético desenvolver produtos que no vídeo embelezassem sem pesar e que ao mesmo tempo em que dessem o colorido saudável de uma boa maquiagem, também tratassem as peles castigadas pelos holofotes. Com texturas ultrafinas, pigmentos que ajudam a espalhar a luz e cores harmônicas, a Make B. investe justamente nesse nicho. “Qual é a ambição de toda mulher? Estar maquiada, mas parecer natural”, ensinou o mestre.

Cada menina presente ao evento recebeu esse livreto de O Boticário, com preciosas dicas de maquiagem

Os produtos e a linha de pinceis com qualidade profissional que compõem a Make B. são apresentados ainda com design moderno – detalhe para o cristal Swaroviski que enfeita cada estojinho – e com fragrância agradável. “A mulher sempre cheira a maquiagem e essa linha cria uma identidade olfativa”, explica Torquatto. Além disso, há um item para cada necessidade, sendo que as cores – adaptáveis a todos os tons de pele – podem ser reconfiguradas para uso tanto de dia, quanto à noite, vai depender do look que a mulher quiser adotar e das camadas que ela vai sobrepor na pele, dando mais ou menos intensidade aos tons. A paleta de cores das sombras tem desde os clássicos dourados e marrons (ícones femininos), até lilás, amarelinho, rosa e verde pistache (“cores asorvetadas”). Os blushes e os batons são um capítulo à parte. Como dizem os twitteiros, #morri quando Torquatto começou a mostrar as cores de batons, elencando ainda os seus favoritos: rosa neon, bege nude, nude star, soft rose e vermelho dia.

E aqui o kit Make B. que recebemos de brinde ao final da demonstração. Formado por batom, duo de sombras e primer para olhos. Meu batom, o rosa neon, é um dos preferidos pelo Fernando Torquatto. Gente, que luxo!

Dicas by Fernando Torquatto, que anotei com atenção de aluna aplicada:

>>Primer para olhos – deve ser espalhado com os dedos, na pálpebra superior. Ajuda a fixar e definir a cor da sombra. Para incorporar o produto, leves batidinhas. Nada de usar primer de rosto nos olhos, porque a área é sensível e exige produto especial.

>>Base – ao aplicar, começar sempre com camada fina, ir acrescentando camadas aos poucos. “É melhor usar o produto aos poucos e ir reaplicando do que correr o risco de exagerar e deixar o visual manchado ou carregado”. Pincel para base ajuda a espalhar sem tirar a camada de primer (pré-maquiagem) aplicado abaixo da base, para fechar os poros e uniformizar a pele. A cor da base, na dúvida, deve ser sempre um tom mais claro que a pele natural, nunca mais escura.

>>Teste tudo – ao comprar maquiagem, sempre experimente no rosto. Não adianta colocar nos pulsos, porque a performance é diferente e o resultado depois pode decepcionar pela escolha das cores erradas do produto.

>>Corretor de sobrancelha – prefira sempre pigmento neutro. O importante é corrigir pequenas falhas sem exageros. “Sobrancelha muito apagada deixa com ar melancólico e carregada demais parece que a mulher está zangada”.

>>Sombras – para dar um up e um aspecto luminoso, é possível usar sombra iluminadora, uma leve camada, por toda a pálpebra, antes de ir aplicando os tons que vão sobressair na make. Cuidado para não pesar a mão na sombra iluminadora, fica cafona e segundo Torquatto, nas fotos parece que a mulher está usando um óculos. Gente, quando ele falou isso, pensei naquela espécie, o urso de óculos. Atenção para ninguém ficar parecendo que fugiu do Zoo. “Maquiagem é o ritual da sutileza”. A sombra iluminadora pode ser colocada de levinho e com pincel chanfrado, na parte inferior (canto externo) do olho, para levantar o visual e ajudar a iluminar o rosto.

>>Esfumados – “a cor é um fator que vai agregar ao visual” e colorido demais, só no Carnaval, opinou o maquiador. A aplicação das cores deve ser gradual e o esfumado deve servir para que uma cor penetre e se funda com a outra. Quanto menos der para perceber onde começa uma cor e termina a outra, mais bem feita estará a make.

>>Blush – muito verticalizado, afina o rosto. O ideal é fazer o movimento circular e alongar em direção à têmpora. Atenção ao truque de sorrir com a boca fechada, para destacar as maçãs, mas nada de carregar a mão e ficar parecendo a Rosinha do casamento na roça.

>>Delineadores e máscaras – nos cílios inferiores, usar máscara com parcimônia, para não ficar com cara de boneca Emília. Nos cílios superiores, até três camadas para alongar. Cílios bonitos são o up da make, ensina Torquatto. Caneta delineadora faz um traço mais preciso para quem não tem muita habilidade com o delineador líquido, porque não borra. Ao usar o delineador, mantenha os olhos fechados um pouco, até secar.

>>Lápis de boca – cuidado redobrado para não fazer aquela marcação intensa dos lábios, principalmente com os lápis cor de boca, que enganam por serem neutros. Lápis muito marcado fica artificial e segundo o maquiador, é muito cafona.

*Andreia Santana, 37 anos, jornalista, natural de Salvador e aspirante a escritora. Fundou o blog Conversa de Menina em dezembro de 2008, junto com Alane Virgínia, e deixou o projeto em 20/09/2011, para dedicar-se aos projetos pessoais em literatura.

Anúncios
Esse post foi publicado em Batom, Beleza, Cores, Cosméticos, Dicas, Eventos, Maquiagem, Marcas, Moda, Tendências e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para “Maquiagem é um ritual”

  1. Lucky disse:

    Tem como não amar a Dani????
    E adorei que tem vídeo e tudo!!!
    Bjssss

  2. Oh “Lucky in the sky”, a Dani merece todo o brilho da noite aos cuidados de Torquatto, ela é uma pessoa bonita por fora, mas principalmente por dentro. Bjocas

  3. produtos para maquiagem disse:

    Que show, seu blog tem bastante matéria legal, parabéns!

Os comentários estão encerrados.